Ditos Populares de Angola II

20)Kuria kumatekena kuma, kumama ni kuuabe.
Comer é começar d’algum lado para se molhar bem

21)Kumba ria muxima sabi ngana iê.
O sr do segredo é quem o guarda.
*Kumba=forma abreviada de rikumba=fechadura
*Sabi=chave
Ao pé da letra seria: (A)fechadura do coração,(a)chave é do seu senhor(seu dono)

22)U ritenda, Nzambi ua muiva.
Quem se queixa, Deus o escuta

23)Kota ria ‘mbua rituama boxi, kutonoka ni kuuabe.
O cão mais velho deve ser o primeiro a cair para a folgança ser boa.
*(Ou seja: O exemplo deve dar-se para ser imitado)

24)Ukata mu mala, muene ufula o kilu.
A quem doi a barriga é que vela toda a noite

25)Kifuba ka ketex’á ni xitu, mon’a mutu ka mutex’á ni muenhu.
O osso não se deita fora com a carne, o filho de gente não se deita fora com a vida.

26)Muxangi ua jijila o mutabi, uaxanga uinhi imoxi, imbia iasekula.
O rachador de lenha que apoquenta ao carreteiro d’água, deve rachar uma só acha de lenha, para a panela ferver

27)Ngimba ka rimbi, nganga ie’mbanda ka ri sakê.
O cantor não se canta, e o sábio dos curandeiros não se cura

28)Ukembu ia petu, moxi isuta.
Beleza de almofada, dentro trapos

29)Pangu u ibula mukulu, matote a kalunga u mebula mufundi.
(O)preceito pergunta ao velho,(as)marcas da morte pergunta ao enterrador

30)Hengele, hengele, ndunge, ndunge; hengele ia mukaji a mona, ndunge ia ukoakimi; hengele u itela njimu. Kioua n’abukujuka.
Sátira, sátira, astúcia, astúcia; a sátira da nora, astúcia do sogro, a sátira coloca-se para o esperto. O tolo anda a abanar a cabeça.

31)O ‘mbua bu rilu riê ka jimbiebu.
O cão jamais se esquece do seu comedouro ou do local onde lhe dão de comer

32)Xitu ia tolo manhanga mavulu.
Pouca carne e muitos caçadores( ou seja: muitos cães atrás de um osso)

33)Mukua kisoko ka katurilê tambi.
A pessoa gracejadora(ou com quem se tem familiaridade) não te pode dar noticia de óbito

34)Kala ‘xi ni uambelu uê, uendela uene umoxi.
Cada terra com o seu modo de falar, o andar é o mesmo

35)Uazeka, uafu, uatono kixinji.
O adormecido é morto, o desperto é toco

36)Ukexilu ua ngenji, uria ngó, kanet’ê.
O estado de forasteiro, apenas come, não engorda

37)Sasa o ingo, i ku tolole o xingu.
Cria a onça, (que) ela te parte o pescoço

38)Xixikinia uatumine nzamba.
A formiga (já) mandou (ao) elefante

39)Muzueri uonene kalunguê.
O falador grande não tem razão

40)Tubia tuarizemba ni fundanga.
O fogo odeia-se com a pólvora

41)Hima katariê ku mukila uê.
O macaco não repara no rabo dele

42)Uenda ni muzumbu kajimbirilê.
Quem anda com o intérprete não se perde

43)Uabinga Nzambi, kasukê o muxima.
Quem pede a Deus, não desespera

44)Nguba kabu boxi, mulonga kabuê ku muxima.
O amendoim não acaba na terra, a palavra não acaba no coração

*Oscar Ribas em seu livro “Ilundu” , comenta que a palavra nguba deriva do verbo kuba(dar, reproduzir), em alusão ao inesgotamento do fruto debaixo da terra

45)Uarianga, uariange ngó, kota uasukinina.
O que se adianta, avance só, o melhor (pode ser) o último

46)Sanji katotuelê bu ezala.
A galinha não tira os pintos da casca à vista de muita gente

47)Ku ri funga ni utumbu, ngulu ji ku fuka.
Misturar-se com farelo, os porcos eles te afocinham

48)Tua ri ‘jia jipolo, tua ri ‘ jietu.
Nós conhecemos (pela) cara, não nos conhecemos (pelo) coração.

49)Kangiji ku utenda, kene ku ufua.
O riacho que desprezas, (é) o mesmo em que morrerás

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: