Arquivo de Agosto, 2009

Exemplo de Globalização é a morte da princesa Diana

Posted in O que acham? with tags on Agosto 31, 2009 by kellystress

Uma princesa INGLESA, com um namorado EGIPCIO, tiveram um acidente num túnel FRANCES, num carro ALEMÃO, com motor HOLANDES, conduzido por um BELGA, embriagado com um whisky ESCOCES, seguidos por paparazzi ITALIANO, em mota JAPONESAS, foram tratados por médicos AMERICANOS, com medicamentos BRASILEIROS. Esta mgs foi criada por um INDIANO, num telefone CHINES, roubado por um ANGOLANO vendido no mercado dos CONGOLESES por um MALIANO.

Anselmo desmente o boato, que sucedeu por ele ter socorrido alguém de um carro que ia a sua frente

Posted in Notícias with tags , , , , , , , on Agosto 31, 2009 by kellystress

Olá pessoal, esta a rolar um boato na net sobre uma presumível acidente de anselmo ralph,  que o cantor estaria em estado de coma, e o mais grave ainda, que ele estaria morto. Pessoal é tudo boato, o talentoso músico esta são e salvo, e ficou triste pelas falsas notícias sobre o seu estado. Não se sabe ao certo de um onde partiu essa falsa informação, qual foi o motivo de tal boato que deixou os seus fãs em estado de choque, ao ponto de postarem mensagens  fúnebres nos seus videos (R.I.P). É tudo mentira pessoal. Aqui esta o video postado por Olavinho para comprovar.

“Touro Herói” Piada do Dia

Posted in Piada do dia with tags on Agosto 31, 2009 by kellystress

Touro Herói

Casamento entre pessoas do mesmo sexo

Posted in Diversos, O que acham? on Agosto 31, 2009 by nsolange

gay1Casamento entre pessoas do mesmo sexo – Existem dois tipos distintos de casamento na maioria dos países do dito Mundo ocidental, inclusive no Brasil, Portugal e Angola. O casamento civil e o matrimônio religioso.

Muito embora o Estado geralmente aceite a documentação expedida por instituições religiosas para estabelecer um casamento civil em cartório de registros (em Portugal até 2007 apenas o casamento religioso realizado pela Igreja Católica Apostólica Romana tinha efeitos legais), isso não significa que o matrimônio (um rito religioso) seja equivalente ao casamento civil. São duas esferas de natureza e tradições completamente distintas no contexto do laicismo do Estado republicano e democrático, muito embora isso não seja reconhecido universalmente.

O casamento civil vem mais e mais sendo reconhecido como um bem público que é administrado pelo Estado. Surge, conseqüentemente, a questão da isonomia quanto ao acesso a este bem por parte da cidadania. A idéia de que o Estado esteja favorecendo desfavorecendo certos segmentos da população aos benefícios e responsabilidades que acompanham o acesso a este bem começaram a ganhar popularidade nas últimas décadas do segundo milênio, ao ponto de serem aprovadas leis específicas liberando o livre acesso ao casamento civil a qualquer casal formado por duas pessoas adultas, desempedidas e capazes de auto-determinação (ver a seção Países pioneiros, abaixo).

O casamento entre iguais é um casamento celebrado entre pessoas do mesmo sexo legal (i.e. conforme registrado em suas certidões de nascimento). É muitas vezes referido popularmente como casamento gay ou casamento homossexual, no entanto estas expressões são menos rigorosas.

Uniões homossexuais existiram em diversas culturas desde os princípios da humanidade. Na Europa clássica existiram em sociedades gregas e romanas, e mesmo em comunidades cristãs na forma de um sacramento chamado Adelphopoiesis. Na Ásia existiram para homossexuais masculinos sob a forma dos casamentos Fujian,e para mulheres homossexuais sob o nome de Casamento das Orquídeas de Ouro. Casamentos entre lésbicas foram documentados em mais de trinta tribos africana se entre homens homossexuais em cinco tribos. Nas Américas, uniões homossexuais foram documentadas primordialmente em civilizações norte-americanas, disponíveis para as pessoas designadas de “dois espíritos”, que demonstravam ambiguidade sexual. Estas pessoas eram consideradas de um terceiro sexo e podiam variar entre as responsabilidades de homens ou mulheres

Locais que reconhecem o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo

Locais que reconheceram temporariamente o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo

Quem opta pelo casamento civil entre iguais?

O casamento entre pessoas do mesmo sexo não implica necessariamente que ele ocorra entre duas pessoas homossexuais pois ambas (ou uma) das partes podem identificar-se como bissexuais. E em alguns casos até pessoas heterossexuais formam casal e se casam por motivos económicos e/ou outros, no entanto, estes casos são muito raros.

Transexualidade e o casamento

O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo também permite, naturalmente, que as pessoas transexuais se casem livremente e que mantenham o casamentos existentes mesmo após a mudança legal de sexo.

Segredos do Sexo “As Preliminares” O que os Homens Gostam

Posted in contos eróticos with tags , , , on Agosto 31, 2009 by kellystress

gbundblackh[1]Luís Pi, grande amante das maravilhas do sexo e explorador de novas aventuras, conversava com alguns amigos, sobre As Preliminares do Sexo, experiências partilhadas com suas namoradas, ex namoradas, casos, amantes e etc., e dessas experiências, eles descreviam as mais marcantes, aquelas que os levaram ao delírio. Aquele tinha sido um debate interessante para Pi, pois quanto maior o conhecimento,  aumentava a sua experiência. Luís Pi, era amante de raparigas experientes, e conhecedoras da matéria, mas é claro que não poderia marginalizar as menos experientes, pois ninguém nasce sabendo e numa conversa com uma amiga, que procurava dicas de sexo para melhor agradar o seu namorado, Pi teve a gentileza de passar o pouco conhecimento por ele adquirido até aquele momento.

Luís Pi Aconselha:

  1. Sexo não é só penetração, existem outros prazeres além da busca imediata por um orgasmo tido por uma penetração extantânea, havia ainda um ponto importantíssimo que eram “As Preliminares”.
  2. Os homens tem formas de ser diferentes, no que diz respeito ao sexo, há homens que gostam de ter o controle do acto, dependentemente da parceira, mas a mulher muitas vez de ter o controle, pois muito são os homens que são limitados em termos de experiência sexual, pois para basta dar uns beijinhos tirar a roupa, a roupa interior um estímulo com os dedos no clítoris e a subsequente penetração do pénis. Isso é muito errado, pois limita o acto sexual.
  3. Uma coisa importante é a afinidade, entre o homem e a mulher, pois nem sempre serão namorados, sendo por vezes uma relação casual. Mas se a mulher tiver sempre o controle, pode ter certeza que o homem irá querer repetir a dose e se não for namorado vai se apaixonar de certeza.
  4. Deixe ele se entregar no acto, vai notar que a sua respiração vais estar pesada e se ele estiver a fazer as coisas rapidamente é porque esta muito excitado,  se não estiver a demonstrar ele estará na mesma  e uma coisa que Luís Pi ouvia muito de conversas com amigos é o facto de no acto os rapazes estarem a pensar quase sempre”vou comer essa gostosa” e muitos deles dizem festejar durante a penetração, mais frequentemente na posição de quatro em que a parceira não esta a olhar. Deixe que ele tire a sua roupa até ao ponto que ele esteja sem roupa e a mulher com a langerie inferior.
  5. Quando chegar a esse ponto, faça com que ele pare e começa a dominar o acto, excite-o ainda mais, provoque-o, beije-o,  quando ele tentar beijar outra vez esquive a boca, faça ele ir atrás de sua boca, morda levemente a sua orelha, ponha a sua língua dentro, sussurre levemente aquilo que vai querer que ele a faça. Procure por partes sensíveis, no corpo  dele, a orelha, o pescoço, os mamilos, a lateral dos abdominais, as costas, a parte interior da coxa, a parte detrás da perna (na dobra entre a perna e a coxa), e se procurar mais talvez tenha surpresas.
  6. Podem usar o gelo, e passar em todas zonas sensíveis acima mencionadas, deixe a sua boca fria por causa do gelo, e inicie sexo oral, e verá a fusão entre o pénis (quente) a boca fria, algo que o deixará louco com certeza. O sexo oral é um preliminar importante, pois assim coloca o pénis mais endurecido, e poderá ter a certeza que ele estará pronto para a penetração.
  7. De seguida inverta os papéis, fazendo com que ele a agrade com carícias,  faça com que ele apalpe os seus seios, cintura, abdómen, pescoço, costas, orelha, parte interior da coxa, os pés e outros sítios onde sinta grande estímulo. Ele deverá também engajar no sexo oral, e se ele souber o fará, mas se não, diga para ele o fazer de uma forma muito sensual e coordene-o para o local mais estimulante da sua vagina.
  8. A penetração é algo fundamental, pois existe um segredo, para o desempenho dos homens. Os homens quando excitados, acumulam um grande fluxo sanguíneo no pénis, tornando-o super sensível, (ponto chave, para as mulheres, é passarem a língua várias vezes na cabeça do pénis, pois tal como o clítoris, é a parte mais sensível do pénis. Existem rapazes mais resistentes que outros no que se refere a ejaculação, por isso esse ponto é importantíssimo para as mulheres. Se a preliminar for bem feita é capaz de a penetração não demorar muito e o rapaz ejacular muito rapidamente, por isso é importante ir devagar para não acelerar o processo de ejaculação (os rapazes sabem que tem de tirar o pensamento do acto para retardar a ejaculação), mas é natural que ejaculação seja rápida.
  9. Luís Pi aconselha que as mulheres tenham o controlo do acto porquê? Quando os homens ejaculam, muitas vezes perdem a vontade, sem que a mulher tenha ainda atingido um orgasmo, por isso é importante que depois de ele atingir o orgasmo, o pénis estará excitado mais não devidamente endurecido, neste caso, a mulher terá de excitar o homem, através do sexo oral, uma dica: além do estímulo na cabeça do pénis, estimule ao mesmo tempo com a mão os testículos, (para quem quiser resultado imediato, acaricie também a zona do ânus e para maior excitação ainda ponha a língua no ânus e verá resultados imediatos).
  10. Depois de voltar a endurecer o pénis, a segunda penetração será mais demorada, para o rapaz, e a mulher deve aproveitar para explorar as posições que mais lhe excitam, e que facilitam o alcance do orgasmo. Não tenha medo de se soltar o máximo, se tiver de bater bata, se tiver que dizer palavras obscenas diga, se lhe chamarem “puta”, não se sinta ofendida, é próprio do acto, pois não deixará de ser o amor dele.
  11. Explore outras fantasias, pois são sempre boas para o acto, deixe o homem se soltar, para que haja maior envolvência no acto

Obs: Se o rapaz for experiente, ele seguira todos esses passos e muito mais, sem ser necessária a intervenção da mulher.

Existem é claro outros métodos, pois variam mediante os parceiros, mas é possível explorar a sua sexualidade através desses princípios básicos,  quem sabe depois de um tempo descobrir se é uma gata selvagem, uma fera por domar, submissa, mandona etc., vai saber de facto qual a sua personalidade na cama.

Luís Pi

rato mangurra

Posted in Piada do dia with tags on Agosto 30, 2009 by kellystress

GetAttachmentCAO1TUKV

Beleza de Angola

Posted in O que acham?, Só Acontece Angola with tags on Agosto 30, 2009 by kellystress