Alguns dos Videos “Porn Nacional” que mais rolam nos telefones – Isso até é feio!

Recebi um comentário interessante, relativamente a essa matéria, já andava eu a espera, pois foi colocada de forma inteligente e gostaria de partilhar com vocês e gerar um debate em torno do tema que é de gradual importância.

Eis o comentário, do mano Arriba:

“Epá mano, essa perspectiva não está errada, cada pessoa é livre de ter as suas próprias convicções. Desde que tenha uma finalidade útil é sempre louvável. Mas fiquei mesmo decepcionado contigo. Quer dizer: Então!? E nós!? Já não temos diversão? Também precisamos de distracção. Tu até és um jovem porreiro, muitas dicas tuas em vários sites, como o youtube. Fora do youtube, bem podiam estar “outras coisas”, afinal aqueles que condenam as “cenas da banda” depois são os mais assíduos nos sites internacionais afins.
Nós os estudiosos na matéria precisamos dos dados para analisar e pesquisar o fenómeno social. Só assim podemos ser homens informados e capazes de tomar as atitudes correctas.
Não abalem, nem condenem o mais antigo, mais útil e mais lucrativo fenómeno da história da humanidade, mesmo que seja em Angola. Vocês já imaginaram a dimensão dos danos sociais e psicológicos nos seres humanos se não existissem essas “válvulas de escape” depois de tantos anos de guerra e pressão político-económico-social? Pensem nisso!”

Kambada de gente burra, eu faço uma chamada de atenção a vocês, sobre este acto degradável e vocês pensaram que eu estivesse a postar videos pornográficos, parece que as pessoas se divertem com esse tipo de coisa.
Ao invês de comentarem e partilharesm os vossos pontos de vista, as pesquisas no google aumentaram, e adivinhem o que é que as pessoas estavam a procura: ” pornografia nacional no verdadeiro sentido da palavra”, isto é um cúmulo.
Agora verão de certeza que as visitas aumentarão, pois são poucos que lêem o post no seu todo, vão lógo a que esta ao que chama mais atenção, “gente burra”.
Eis o que eu fiz, coloquei fotos devidamente censuradas, e coloquei um video, meu somente mudando o nome do mesmo, para criar a ilusão do ano, como se diz em Luanda “O Jajão”.
Comentem
ksp
Advertisements

32 Respostas to “Alguns dos Videos “Porn Nacional” que mais rolam nos telefones – Isso até é feio!”

  1. Ganda ideia manoo!!!nota 10!!!!

  2. w.onlyone Says:

    ganhas te mano…

  3. To-Victor Says:

    Essas gajas kerem ganhar fama por intermedio d pornografia, e estão a sujar todas as mulheres Angolanas. KSP nota 1000. Wonder Star Family

  4. Quero e apelo que a meninas angolana deixem de praticar este de vandalismo, e que optam para um futuro melhor e prospero.

  5. AfrikanRose Says:

    De certeza absoluta k as mentes mais poluidas sao masculinas; isto pra dzer k a maior dos visitantes a ste ” jajao” foram rapazes.

    Bjjjjjjjjjjjjjjjj

  6. MANGOLÉfly Says:

    a MANGOLEfly concorda com essa merda porq senão estariamos a dar mas sangue pra eles gravarem, diga não a pornografia. iéeeeee…

  7. Epá mano, essa perspectiva não está errada, cada pessoa é livre de ter as suas próprias convicções. Desde que tenha uma finalidade útil é sempre louvável. Mas fiquei mesmo decepcionado contigo. Quer dizer: Então!? E nós!? Já não temos diversão? Também precisamos de distracção. Tu até és um jovem porreiro, muitas dicas tuas em vários sites, como o youtube. Fora do youtube, bem podiam estar “outras coisas”, afinal aqueles que condenam as “cenas da banda” depois são os mais assíduos nos sites internacionais afins.
    Nós os estudiosos na matéria precisamos dos dados para analisar e pesquisar o fenómeno social. Só assim podemos ser homens informados e capazes de tomar as atitudes correctas.
    Não abalem, nem condenem o mais antigo, mais útil e mais lucrativo fenómeno da história da humanidade, mesmo que seja em Angola. Vocês já imaginaram a dimensão dos danos sociais e psicológicos nos seres humanos se não existissem essas “válvulas de escape” depois de tantos anos de guerra e pressão político-económico-social? Pensem nisso!

  8. Mó Sanda Says:

    Acho que esse mano “Arriba” tem mesmo problemas… O que acontece em Angola nao é pornografia, simplesmente nós os homens, cegos do nosso ego gostamos de gravar como fodemos as damas para espalhar pelo telefone.
    Isso é muito degradante tanto para a rapariga como para nós “homens”, porque quem faz isso nao é homem, sinao criança.
    As nossas raparigas Angolanas ja andam muito frustradas por como sao rebaixadas sexualmente perante a sociedad. Aquela dama que levou gera de 7 gajos e foi filmada, por cima enganada pelo suposto namorado vocé acha que ela mentalmente fica estavel?
    Eu gosto de ver imagens de sexo, mas pornografia industrial onde os 2 tao de acordo porque ambos sacarao beneficio, cumbu.
    Agora muito disso que faz-se na banda é sujar muito mais as nossas irmas. Fuiiii

  9. Meu caro ”Arriba” cada um é livre de opinião agora pergunto eu, sera que um erro que persiste a milhares de ano não deve ser extinto? dos videos que até hoje supostamente intitulados como porno angolanos erao alguns deles coisas privadas salvo akeles que ouve geras, muitos deles forao feitos na febre da tecnologia qundo surgiu os telefones com camera na ansia de poder guardar momentos intimos outros ate fizerao por vingança por terem alcansado a tão procurada victoria sexual por parte dakelas raparigas que alguns homens classificao por dificeis, outros no intuito de mostrar aos amigos que comerao determinada rapariga mas o ser humano e curioso por natureza e cometeu o erro de partilhar esse momento com outrem e deu no que mas tal erro nao deve persistir porque seria doloroso ver mos alguem tao proximo em referidas imagens por azar tem pessoa que conheço do bairro mas na minha cabeça paira a pergunta como estao os familiares e irmãos se sentindo com relação a isso.

  10. ARRIBA Says:

    Olá pessoal, como é que vai isso?
    Fiquei algum tempo à espera que existissem mais comentários antes de poder fazer novo pronunciamento a respeito do tema em debate(felicitações especiais ao Kellystress pela iniciativa).
    Agradecimentos iniciais ao MÓ SANDA e ao BEBETODGI pelos vossos comentários/respostas. Respeito o que escreveram e reconheço que vocês não deixam de ter certa razão no que dizem.
    Não obstante, mantenho a minha posição em relação ao que escrevi anteriomente. Continuo a recusar qualquer condenação àqueles que gostam ou vêm pornografia ou vídeos de sexo, sejam estrangeiros ou angolanos.

    A primeira razão está naquilo a que chamo de liberdade de felicidade ou liberdade de escolher os meios e caminhos de ser feliz.
    A prostituição e a pornografia não fenómenos muito antigos (a pornagrafia também, embora ela só tenha tido explosão comercial nos últimos séculos. Na Alemanha, por exemplo, arqueólogos encontraram, em abril de 2005, uma figura pornográfica de um homem sobre uma mulher, num acto de sexo, com cerca de 7200 anos. Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pornografia). Historicamente, os homens adultos utilizavam-na para escapar à monogamia e à sexualidade básica que possuíam com as suas mulheres. Esses fenómenos não morreram por eles possuírem benefícios superiores à mera satisfação daqueles que o utilizam. Para alguns são fonte de relaxamento, diversão, busca de prazer, mas para muitos é um meio de descompressão, de escape ao mundo agitado em que vivem ou à vida monótona que possuem.
    É assim que cerca de 90% dos homens gosta e são assíduos em pornografia e sempre que têm a possibilidade de a ela ter acesso assim o fazem. Nos 10% restantes, acredito que 5% só não se manifesta favorável à pornografia por não possuir meios ou possibilidades de acesso. E mais: não são apenas os solteiros que a utilizam!
    Eu acredito até que a pornagrafia e prostituição são tão úteis quanto à masturbação. O ser humano tem instintos animais puros, e um desses instintos é o ligado à sexualidade. Vocês conseguem imaginar os danos psicológicos e sociais se não existisse ou fosse proibida a masturbação? Os danos seriam em princípio os mesmos se muitos homens não tivessem a oportunidade de ter “sexo alternativo” quando não fosse possível ter o considerado “normal” (não estou a falar das mulheres por serem um sector muito específico, com muitos tabús e preconceitos sociais). Falo do stress, da alteração dos sistemas biológicos e nervosos nos humanos, falo da criminalidade, com as violações, a impaciência com as demais pessoas, etc.
    Logo, se as pessoas têm por essa via estabilidade social e emocional nas suas vidas, e se sentem felizes, ninguém deve com autoridade querer fixar a forma como os outros devem ser felizes: isto é a essência máxima da liberdade de cada ser humano: Escolher o meio de se sentir bem e feliz e não lhe ser isso imposto por terceiros. Por esse motivo eu disse antes que se você(s) não gosta(m) de tais fenómenos, eu respeito, aceito, e considero que essa perspectiva não está errada, pois cada pessoa é livre de ter as suas próprias convicções e desde que tenha uma finalidade útil é sempre louvável. Mas respeitarmos as nossas liberdades significa, acima de tudo, que, se tu não gostas, não visitas o site e fechas a janela, enquanto eu faço o contrário por gostar.

    A segunda razão reside na atitude moralista de algumas pessoas. Moralidade sem sentido para mim. Explico-me: como é que essas pessoas podem afirmar que condenam as cenas da banda, mas todos os dias assistem o noticiário no redtube ou no youporn? Há ainda o argumento de que as coisas que circulam em Angola são repugnáveis, porque são “vida privada” e que é sempre melhor ver vídeos ou fotos quando as pessoas fazem as coisas por dinheiro e trabalho. Meus caros, não se iludam: a sexualidade paga é muito mais condenável e condenada, sob quaisquer prismas, do que a sexualidade grátis, devido ao aproveitamento finaceiro daqueles que buscam dinheiro a troco de favores sexuais. Isso dizem os estudos, garanto-vos.

    A terceira razão está na minha posição em relação àqueles tipos de pensamentos segundo os quais: “Aqui em Angola nós condenamos isso, porque desrespeita as nossas mulheres. Mas se for estrangeiro, aí já é outro assunto.”
    Dizem os seus defensores que as nossas miúdas estão a ser expostas publicamente, por homens sem maturidade e que muitas são violadas inclusivé.
    Eu sou daquelas pessoas que teve o infortúnio de ver por duas vezes uma mulher a ser violada. Num dos casos, algumas ruas atrás da minha casa, estava eu a passear com a minha miúda pela madrugada. De regresso à casa, vimos uma mulher ser violada por um jovem. E confesso-vos uma coisa: muitas pessoas pronunciam-se a respeito de violações, mas não imaginam sequer o que é uma violação. Isso que vocês vêm nos telefones não são violações. E eu penso que o termo “gera” utilizado para descrever essas situações corresponde, de facto, a uma coisa diferente de violação. Sei lá: muitos desses casos são pessoas que pegam jovens que já são conhecidas como promíscuas ou fáceis de ludibriar e no momento em que se encontram em privado aparecem vários jovens para também ter sexo com ela. É verdade que pode ser exercida uma pressão forte, insistência, impedimento de a jovem ir-se emboa, não deixar a moça vestir-se. Mas algum de vocês já viu nesses vídeos a mulher a ser agredida, a ser ameaçada com alguma arma ou objecto, a ser agarrada à força pelos outros jovens enquanto ela é penetrada, a gritar, berrar de raiva e dor, chorar, bater e arranhar na pessoa que a está a penetrar? Eu já vi dois vídeos desses onde a “violada” estava até a abraçar o “violador”.
    Há uma história (anedótica) contada na nossa sociedade que retrata que um grupo de madres é violada, menos uma delas, a irmã Maria. No inquérito para saber porque é que só uma não tinha sido violada, todas as madres responderam que a irmã Maria só não foi violada porque ela não quis ser violada. “Para bons entendedores….”
    Quanto às publicações de cenas entre namorados (ou não), acredito que ninguém pode afirmar que o fogo é malvado por lhe ter queimado, se essa pessoa estava a brincar deliberadamente com o fogo. Toda a gente sabe que o registo de momentos privados é hoje um grande risco à privacidade nas sociedades tecnologicamente globalizadas em que vivemos. Coisas que as pessoas faziam há 50 anos atrás, não podem imaginar tentar fazer hoje, com as facilidades de downloads, de cópias, do uso generalizado de telefones das últimas gerações, dos hackers e piratas informáticos. Quem faz vídeos e fotos em actos de sexo, sabe a princípio que está sujeito a aparecer na internet um dia. Há quem o faça e demonstra que pretende é mesmo expor-se. Isso só tem demonstrado que a nossa sociedade tem estado a viver sufocada nos seus tabús e preconceitos e muitos até gostariam de abrir-se e sair desse mundo fechado. Então manos: em todos os países do mundo isso existe; as pessoas querem cada vez mais tratar de forma aberta questões ligadas ao sexo e à sexualidade: será que só em Angola é que as pessoas são santas!?
    Por isso, ninguém deve com legitimidade condenar aqueles que recebem esses mails e vêm telefones alheios. O que todo o mundo devia fazer, caso queiram preservar a sua imagem (e é assim que faço e aconselho as pessoas) é não dar oportunidade a isso: NUNCA REGISTAR MOMENTOS PRIVADOS. Agora não me digam que quando vocês recebem emails com o título “Caiu na net”, vocês não os abrem!

    Eu sei que escrevi muito, mas isso foi apenas uma parte do que penso a respeito do tema. Peço-vos que nos vossos comentários ou respostas primem pelo reconhecimento da liberdade de expressão e pelo respeito mútuo, para podermos ter um debate/diálogo construtivo e adulto.
    Um abração pra todos vocês.
    ARRIBA

  11. Cê muito burro.
    Dá a Cesar o que é de Cesar
    A Deus o que é de Deus.

  12. olha dessa vez ganhast mas ate q não somos gent burra mas como a pornografia é um mal comum e esta em todo lado e em angola é ainda um tabú qdo aparece um desperta a curiosidade de todos é só isso mas valeu bye bye…………… DJONIX QUIRIMBO TOPO.COM

    • mano não é para gostar, mais sim para analisar não adianta criticar só bué , mas na hora de ajuda as meninas, vocês tiram o ´pé. ou é mentira?

  13. DJ Kota C Says:

    Muitos dos clips k rolao ai em Luanda sao de rapazes a violar mocas e ainda tem a ousadia de espalhar…

  14. fernando Says:

    ola pessoal eu o so fernando, o comentario q eu deixo e mais para as jovens angolana, olha nunca pensei um dia, q o nosso pais poderia acontecer esta porcaria
    porque sinceramente as mocas princilmente as de luanda digo assim ja nem sequer escondem oque fazem e muitas delas fazem falar mal das outras isto e muito feio porque cheguei de ler uma revista do brazil que sinceramente as mulheres angolas foram bem mais bem ofendidas isto e muito feio quem tiver duvida abra o site do programa do jo.por favor mocas procaram achar oque realmente voces sao, mais muito menos uma prostituta.bjs vos amo

  15. EMILITA Says:

    e muito feio sim o que muitas mulheres fazem como e o caso da pornografia.elas sojam o nome se muitas com os erros delas cada e livre de fazer o que acha.mas muito sinceramente isto n e viada pra ninguem e uma vergonha pra na nossa sociedade

    • gostei da tua opinião morais

    • emilita , princesa seria vergona se elas roubasse.

      • silvina Says:

        Evidentemente.Concordo.
        As pessoas tem que levar em consideraçao,que muitas das mulheres que encontram-se a prostituir-se hoje,e por mero prazer.
        Muito pelo contrario,sao pessoas que passam muitas necessidades,e nao tendo mas saida,ou soluçao acabam na rua,se prostituindo
        Crime seria se tivessem que roubar,ou matar,como muitos tem feito.
        E quanto as imagens nos telefones,e por maldade que certos homens tem feito,eles sentem prazer quando fazem isso.Deviam e respeitar mais as mulheres.
        Voltando o assunto,ha paises que a prostituiçao nao e crime.
        Crime e fazer aborto,roubar,matar……………….etc.
        Um abraçoooooooooooooo

  16. GOSTEIDOS VIDEOS

  17. não sou contra nem afavor de que vai pela vida facil, por que? porque respeito aqueles que dão a cara a luta do que aquele esconde, se elas estão nessa acho eu não é porque querem. manos reflitam bem .

  18. batileva Says:

    elas sao todas bonita e charmosa perfeita
    para o meu gosto
    sem mas cometario

  19. mauro da purioficação Says:

    cada um é livre de si proprio sabe bem o que faz, mais alto ai esse tipo de coisa é preciso é preciso que nos pessamos muito bem no assunto. http://www.picassomauro8@hotmail. com

  20. Cisalves Says:

    Cada uma é livre, e todos somos úteis, eu sei que a putaria é um acto indecente e mau, mais é um negocio, pois há quem acha que o dom que Deus lhe deu é este. Este é problema que poderia ficar o ano todo discutindo e não chegar a conclusão nenhuma, ou a várias concluões.

  21. gostaria que as autoridades conpetentes tomasse a serio e ajudasse essas pessoas a tomarem outro rumo da vida. ter marido filhos, e um lar decente. para isso o governo tem de tomar uma solucao

  22. wih gostei do video.

  23. alvaro martins Says:

    curti da tua ideia mano…. rexta saber se realmnt tera algum efeito no k concerne a vida intima de cada angolano(a)…….

  24. vanYz boY Says:

    Porrrrrrrraaaaaaaaassssss nessaaa rede eu cai e ainda muita gente vai cair
    mas podias meter algo mais interessante no blog…

    ia valeu
    vanYz boY

  25. isso chama-se evolucao por isso vamos seguir nessa,fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  26. critico angolano Says:

    kellystress, tiveste uma optima ideia, a consciêcia destas pessoas ainda esta no alheio, tem se dito q África é o último mundo talvez por intermédio disto é q estas pessoas tomam actitudes do gênero,mas meus irmãos a única imitação q nós temos q seguir ou viver é a de CRISTO e de mais ninguém.
    Europa e América principalmente vivem de uma forma muito desrespeita noq consiste nas leis de DEUS, e nós não podemos nos levar nesta vertente vamos tentar viver segundo as leis de DEUS.
    por isto aconselho-vos a deixar de mostrar a vossa vida intima,passam a mostrar as vossas criações culturais e artísticas para o desenvolvimento da e solidificação da nossa cultua, obrigado pela opurtunidade.
    beijo do tamanho da África para todos,fuiii…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: